quarta-feira, 23 de maio de 2012

Alunos e monitores da Orquestra Sons da Educação apreciam concerto da Jazz Sinfônica na Sala São Paulo 

Nesta quinta-feira passada dia 10 de maio mais de 100 alunos que compõem a Orquestra Sinfônica Sons da Educação juntamente com seus monitores foram convidados a apreciar o Concerto Didático da Jazz Sinfônica na Sala São Paulo. O Concerto Didático é parte integrante do Programa Descubra a Orquestra promovido pela ação educativa da Fundação Osesp em parceria com a Secretaria de Cultura de São Paulo, com o intuito de ampliar e fortalecer o desenvolvimento cultural e musical de alunos e professores das escolas ou instituições participantes.
Os alunos e monitores puderam se emocionar diante da maior sala de concertos da América latina e do repertório apresentado pela Jazz Sinfônica que tem como proposta dar um tratamento sinfônico à música popular brasileira e universal regido com maestria por João Maurício Galindo. Oportunidade essa que ficará marcada na memória de nossos futuros músicos que poderá aperfeiçoar seus estudos e assim retornar a Sala São Paulo agora não mais como expectador mas sim como profissionais da casa.

domingo, 18 de março de 2012


PROFESSORES DE ARTE DO MUNICÍPIO DE POÁ VISITAM OS PAINÉIS GUERRA E PAZ DE CANDIDO PORTINARI

Nesta quinta-feira passada dia 01/03/2012 os Arte educadores do Município de Poá visitaram a exposição de Candido Portinari intitulada Guerra e Paz no Memorial da América Latina em São Paulo.

Puderam se emocionar diante dessa grandiosa obra de arte que retorna ao Brasil depois de ser doada à ONU, em Nova York pelo governo brasileiro em 1956. De fevereiro a maio de 2011, os Painéis foram restaurados no Palácio Gustavo Capanema em ateliê aberto ao público e está em São Paulo somente até abril.

Os professores foram recebidos pela coordenadora do Núcleo de arte-educação e inclusão social do Projeto Portinari Suely Avellar que conduziu com maestria a visita monitorada aos Painéis bem como pela exposição que reúne cerca de uma centena dos estudos preparatórios de Portinari para Guerra e Paz.

A intenção da visita foi de proporcionar uma experiência estética singular aos professores além de promover reflexões acerca de sua prática educativa. A coordenadora do Projeto Suely presenteou os professores participantes com o Caderno do Professor para que possa auxiliá-los na preparação de seus alunos para a visita monitorada.

Cerca de 1.000 alunos do 4º e 5º ano das escolas Municipais de Poá terão o privilégio
de ver pela primeira e última vez já que os painéis retornarão a ONU, em Nova York e lá permanecerão em espaço fora de visitação pelo grande público. As visitas dos alunos tiveram início nesta sexta-feira dia 02/03/2012 com as escolas: EMEB. Carolina Ribeiro, EMEB. Antonio Francisco e EMEB Antonio Carlos de Paula Souza.


sites recomendados:

http://www.guerraepaz.org.br/#/home

http://www.youtube.com/watch?NR=1&feature=endscreen&v=PWLlGQkAsB0

http://www.youtube.com/watch?v=CUr7Y2qIKBs

http://www.youtube.com/watch?v=IQIltBJ0nCE&feature=related

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Ateliê Itinerante de Gravura na Escola

1.jpg">


Educação realiza projeto “Ateliê Itinerante de Gravura na Escola”
.
Projeto “Ateliê Itinerante de Gravura na Escola” vai percorrer escolas municipais de Poá


arte educadora: Elisa


A Secretaria de Educação de Poá iniciou o projeto “Ateliê Itinerante de Gravura na Escola” que visa percorrer as escolas da rede municipal com o objetivo de proporcionar aos alunos do 5º e 6º ano a possibilidade de conhecer na prática o processo da Gravura.

De acordo com Suzana Barbosa de Castro que, ao lado de Fábio Potzl, atua como Assistente Técnico Pedagógico (ATP) de Artes e coordena o Projeto, cerca de 1.900 alunos deverão ter esse contato com a gravura. “Vale ressaltar que as crianças estão trabalhando com material profissional, ou seja, a gravura está sendo feita em uma matriz conhecida como Linóleo, além de utilizarem material de segurança e uma prensa”, enfatizou.

O projeto, segundo ela, não existe em nenhuma cidade do Alto Tietê, pois o máximo que é feito é um experimento em isopor. “Aqui, além de conhecerem a história da gravura, as crianças também têm a oportunidade de vivenciar como é um ateliê de arte”, disse Suzana.

O projeto que está sendo realizado na Emeb (Escola Municipal de Ensino Básico) Professora Walkiria Vieira, no Jardim Nova Poá, percorrerá todas as unidades, permanecendo em cada uma pelo período de uma semana. “Na verdade, esse projeto já teve início há alguns meses, quando foram passadas as orientações para os professores e a distribuição de um material de apoio”, afirmou Suzana, ressaltando que o projeto só está sendo desenvolvido graças ao apoio incondicional do secretário da pasta, Carlos Humberto Martins e do prefeito Francisco Pereira de Sousa, o Testinha. “É bom frisar também que os próprios alunos fazem a confecção do material na prensa e, após o curso, receberão um certificado da Secretaria de Educação”, concluiu a ATP.

Ao todo, 1.900 alunos da rede municipal de ensino de Poá deverão

ter contato com a gravura

Noticias

27/10/2011 - 17h:13

Secretaria de Educação

Fotos: Julien Pereira - Fonte: Prefeitura de Poá
Posted in: Notícias,Poá/SP,Prefeitura de Poá/SP,Secretaria de Educação

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Curso Os territórios da arte-Teatro, musica, dança e linguagens contemporâneas

A Secretaria de Educação Municipal de Ensino de Poá em Parceria com o Arte na Escola promoverá o curso os territórios da arte no Pólo Unicsul

Os encontros ocorrerão nos dias:
Tema: Linguagem da musica na proposta curricular
19/10/2010 (terça-feira) das 14 ás 18hrs
Jessica Makino

Tema:Territórios da arte e cultura.
26/10/2010 ( terça-feira) das 14 ás 18hrs
Miriam Celeste .

Tema: Processo de criação do artista e linguagens da arte contemporânea.
06/11/2010 (sábado) das 08 ás 12 hrs
Rosana Paulino

Tema: Linguagem do teatro e dança na proposta curricular
09/11/2010 (terça-feira) das 14 ás 18 hrs
Gisa Picosque e Sayonara Pereira

Tema: A linguagem dança na escola
13/11/2010 (sábado) das 08 ás 12hrs
Daniela Libaneo

Tema: Relatos de experiências de professores no ensino de arte.
16/11/2010 ( terça -feira) das 14 pas 18 hrs
Seminário
Solange Utuari

Tema: As Linguagens da arte contemporânea.
30/11/2010 ( terça-feira) das 14 as 18hrs
Silvia Meira


Sobre os Palestrantes:
Curso nos territórios da arte- Teatro, musica, dança e linguagens
contemporâneas.

• 19/10/2010 (Terça Feira) - 14 ás 18hrs
Jéssica Makino
Tema: Linguagem da musica na proposta curricular
Campus São Miguel

Jéssica Makino, possui graduação em Lic. Plena em Ed. Artística com
Hab. Música e mestrado em Música pela Universidade Estadual Paulista
Júlio de Mesquita Filho. Atualmente é Docente da Faculdade Paulista de
Artes. A importância desse encontro se dá por esta educadora ser a
autora da linguagem de musica na proposta curricular em arte. Há uma
fala corrente entre os educadores da rede estadual sobre a dificuldade
de trabalho com esta linguagem uma vez que a grande maioria tem
formação apenas em artes visuais. Porém a proposta curricular traz
esta linguagem e os educadores se vêem cobrados por seus coordenadores
e diretores a ensinar esta linguagem. Esta questão tem causado grande
polêmica na escola. Acreditamos que este encontro poderá esclarecer
alguns pontos dessa discussão além de ampliar repertórios culturais e
didáticos.

• 26/10/2010 (Terça Feira) - 14 ás 18hrs
Dra. Mirian Celeste Martins
Tema: Territórios da arte e cultura.
Campus São Miguel
Autora da proposta curricular em arte do Estado de São Paulo já
esteve no Pólo Arte na Escola em 2008 e os professores consideram
relevante o contato direto com quem pensou as propostas metodologias e
conceitos que eles, educadores estão trabalhando em sala de aula. Há
por parte do educadores pedidos para terem mais encontros com esta
Educadora. Nosso Pólo tem em suas ações discutido a proposta dos
territórios da arte e cultura. Há muitas dúvidas em relação ao uso da
proposta curricular em relação ao tempo de atividades, situações de
aprendizagens e avaliação, questões levantas pelos educadores. Neste
sentido promover um encontro entre educadores e autora pode ser
importante para ajudar o professor a compreender melhor este material
e conseqüentemente melhorar o trabalho feito na escola.

• 06/11/2010 (Sábado) - 08 ás 12hrs
Rosana Paulino
Tema: Processo de criação do artista e linguagens da arte contemporânea.
Campus São Miguel

Artista Plástica e educadora atualmente é doutoranda em Artes
Plásticas, modalidade Poéticas Visuais, pela Universidade de São Paulo
(ECA/USP). O encontro direto com o artista pode revelar a compreensão
de processo de criação, articulação de materialidades e contextos de
produção próprio da arte contemporânea. Muitos professores não tiveram
em sua formação inicial as praticas e procedimentos de arte
contemporânea, abrindo uma lacuna entre a proposta curricular atual no
estado de São Paulo e o repertório do professor de arte. A escolha de
Rosana Paulino é em função de suas obras fazerem parte dos conteúdos
da proposta curricular em arte para o Estado de São Paulo e porque
esta artista discute por meio de sua poética identidade, percursos de
criação e memória.

• 9/11/2010 (Terça Feira) - 14 ás 18hrs
Gisa Picosque e Sayonara Pereira
Tema: Linguagem do teatro e dança na proposta curricular
Campus São Miguel

Gisa é arte educadora e autora da proposta curricular em arte, entre
outros trabalhos de relevância no ensino de arte e formação de
educadores. Sua presença neste curso é importante para a discussão e
apresentação de propostas didática no ensino da linguagem do teatro e
dança. Os professores da rede gostariam de ampliar mais seus
conhecimentos a respeito dessas linguagens que hoje também faz parte
dos conteúdos desenvolvidos na rede de ensino estadual. Os professores
apresentam muitas duvidas sobre esta linguagem e relatam a necessidade
de discussão.
Sayonara é professora da Universidade de São Paulo (ECA/USP), atua na
área da dança, também é autora da proposta curricular de São Paulo em
arte na área de dança. Sua presença é um pedido dos educadores. A
linguagem dança, assim como o teatro e musica tem sido um desafio para
os educadores.

• 13/11/2010 (Sábado) - 08 ás 12hrs
Daniela Libaneo
Tema: A linguagem dança na escola
Campus São Miguel

Formada em Pedagogia com mestrado em dança pela Unicamp Daniela
Libaneo hoje atua na formação de educadores com o foco no ensino de
dança na escola. Há muito interesse por parte dos educadores para
conhecer mais sobre esta linguagem e como desenvolver projetos
didáticos nesta linguagem.

• 16/11/2010 (Terça Feira) - 14 ás 18 h
SEMINÁRIO
Mediadora: Solange Utuari
Tema: Relatos de experiências de professores no ensino de arte.
Campus São Miguel

Obs: Este momento será dos educadores para que possam ter espaço para
contar sobre o trabalho desenvolvido em sala de aula. A mesa será
composta pelos PCOPs das diretorias de ensino que coordenará os
trabalhos.

• 30/11/2010 (Terça Feira) - 14 ás 18hrs
Dra. Silvia Meira
Tema: As Linguagens da arte contemporânea.
Campus São Miguel
Silvia Meira é Livre docente da Universidade de São Paulo,
coordenadora do setor educativo do MAC- Museu de arte contemporânea da
USP- Ibirapuera. Autora de vários livros e artigos publicados sobre
história da arte e mediação entre arte e público com foco na arte
contemporânea. A proposta é oferecer ao professor ideias e propostas
didáticas a respeito de leitura de imagens e mediação com alunos com
foco nas linguagens atuais, principalmente sobre a produção
brasileira. Esta atividade encerrará o ciclo de palestras que compõem
o curso de 30 horas oferecido aos educadores. A proposta é que também
neste dia os professores possam expor trabalhos de alunos no Hall de
entrada do auditório em que se realizará o evento ou em forma de
painel eletrônico.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

VII Simpósio de Educação Musical Especial e I Encontro de Musicografia Braille

I Encontro Arte Para Todos:Perspectivas e Desafios Para A Inclusão - 2010
13/09/2010 00:00

VII SIMPÓSIO DE EDUCAÇÃO MUSICAL ESPECIAL

I ENCONTRO DE ARTE INCLUSIVA

I ENCONTRO DE MUSICOGRAFIA BRAILLE

Data: de 13 a 17 de Novembro de 2010

Local: UNESP – SP

Rua: Dr. Bento Teoboldo Ferraz 271
(em frente ao terminal Barra Funda)

Inscrições de trabalhos de 1 a 30 de Setembro



Sobre o evento

A inclusão é tema vigente e urgente! Sendo assim, a arte não pode ficar de fora dessa discussão. Todos precisam se preparar para receber a diversidade em sala de aula.

Foi pensando nessa necessidade que em 2010 o VII Simpósio de Educação Musical se unrá a outras duas novas iniciativas nessa área e juntos promoverão o I Encontro Arte para Todos – perspectivas e desafios para a inclusão.

O evento contará com 5 dias de atividades intensas. Dividido em dois grandes blocos, sendo o primeiro o VII Simpósio de Educação Musical Especial e o I encontro de Arteinclusivas que ocorrerá de 13 a 15 de Novembro e o segundo, o I Encontro de Musicografia Braille, 16 e 17 de Novembro.

O Encontro compreenderá palestras, mesas redondas, grupos de discussões, oficinas, apresentações de trabalhos científicos e relatos de experiências e apresentações artísticas de grupos significativos que difundem a inclusão da pessoa com deficiência.

Todos os docentes são altamente qualificados, com grande experiência na área pedagógica, inclusiva, médica e artística, do Brasil e do Exterior.

O objetivo do evento é colaborar na formação profissional de pessoas envolvidas com arte no que tange a novas perspectivas em relação a inclusão; difundir as pesquisas nessa temática; divulgar os artistas com deficiência e grupos inclusivos; promover discussões a cerca do sistema de ensino geral, artístico, musical e formação do professor e reunir pessoas com interesse em atender melhor a diversidade para fortalecer cada vez mais o discurso de que a Arte é para Todos.

Portanto, não deixem de participar desse grande e importante evento !

Inscrições
Inscrições para o evento: de 1 de Setembro a 30 de Outubro (em breve a ficha de inscrição on line)

Inscrições de trabalhos: de 1 de Sete mbro a 30 de Setembro (em breve as normas de publicação)

O evento dará direito a certificado e material de apoio (CD-Room)



Fonte: http://www.musicaeinclusao.com.br/
http://isabelbertevelli.blogspot.com

Site para maiores informações

http://www.musicaeinclusao.com.br/?/Simposio-de-Educacao-Musical-Especial/2010/I-ENCONTRO-ARTE-PARA-TODOS-perspectivas-e-desafios-para-a-inclusao6

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Curso

Capacitação para Educadores - Projeto Lembrar
Dia 16/10/2010
São Paulo, SP

O Projeto Lembrar é iniciativa de um grupo coordenado por Anita Pinkuss, que colheu depoimentos de sobreviventes do Holocausto residentes no Brasil para a USC Shoah Foundation Institute for Visual History and Education. Os mesmos resultaram no documentário “mensagens para um futuro mais tolerante”, dirigido por Anita Pinkuss e Paulo Baroukh.

O objetivo maior do projeto é tornar acessíveis, principalmente para os jovens do Ensino Médio e Superior, as histórias dos sobreviventes, transformando-as em verdadeiras ferramentas educacionais.

Entre as atividades promovidas pelo projeto, professores das redes pública e particular são capacitados em encontros técnicos, além de receberem gratuitamente um exemplar do documentário, mais material didático de apoio para a abordagem do mesmo em sala de aula.

Por meio dessas ações, o Projeto Lembrar espera contribuir para superar o preconceito, o ódio, a intolerância e o sofrimento que eles causam em todas as instâncias, estimulando professores e estudantes a refletirem sobre a sua responsabilidade em fazer do mundo um lugar mais tolerante.



Local: Centro da Cultura Judaica

Endereço: Rua Oscar Freire, 2500, Sumaré, São Paulo - SP

Horário: das 13h00 às 19h00

Mais informações: com os educadores do Centro da Cultura Judaica

Telefone: 11 3065 4333 ramal 4148

E-mail: educadores@culturajudaica.org.br

Site: http://www.culturajudaica.org.br

Catavento educacional e cultural

O Catavento é um grande e magnífico espaço cultural e educacional que apresenta ao público, especialmente o jovem, a ciência e os problemas sociais, de um modo atraente e participativo. Situado no Palácio das Indústrias, Parque D. Pedro II, no centro da cidade de São Paulo, e desenvolvido com o apoio integral do Governo de São Paulo. Em meados de 2007, foi criada a sociedade civil: Catavento Cultural e Educacional, que recebeu recursos e o excelente Palácio das Indústrias, para mostrar o mundo das ciências e as necessidades sociais de modo interessante.

Optou-se por procurar no Brasil os projetos mais adaptáveis, dentro da lógica geral, e dividiu-se a área entre eles, prestigiando-se grandes instituições e especialistas em cada campo.

O Catavento proporciona uma visita alegre e interativa apresentando conhecimentos básicos de eixos temáticos presentes na proposta curricular do ensino ao público geral, e juvenil em particular.

O Catavento participa do Programa da FDE - Lugares de Aprender da Secretaria da Educação, um projeto no qual professores e alunos recebem um material de apoio pedagógico, apresentando uma seqüência de atividades para o ensino de disciplinas curriculares e promovendo paralelamente o acesso dos mesmos em diferentes instituições e espaços culturais.

São 4000m² divididos em quatro seções: Universo, Vida, Engenho e Sociedade. Para conhecer nossos espaços expositivos abra a página NOSSAS SEÇÕES.

Agende sua visita em nosso site:
http://www.cataventocultural.org.br/home.asp

Praça Cívica Ulisses Guimarães, S/N – Parque Dom Pedro II – São Paulo/ SP – fone: (11) 3315-0051